Boletim informativo da cidade de Echizen

O boletim informativo em portugues da cidade de Echizen pode ser visto pelo link :

http://www.city.echizen.lg.jp/office/130/030/kokusai-kouhou.html
ou

Clique aqui


A versao impressa esta disponivel na prefeitura, Associacao Internacional de Echizen, Menard, empreiteira Sankyo, empreiteira Fujiarte e Loja brasileira Brasil Nippon Meat.

* As informacoes do boletim informativo em portugues sao parte das informacoes do boletim informativo publicado em japones. O boletim informativo em japones pode ser adquirida na prefeitura.
[PR]
# by eia-toma | 2013-02-24 09:45 | Avisos

Feliz Ano Novo! Feliz 2013!

d0227884_11552740.jpg

[PR]
# by eia-toma | 2012-12-30 11:56 | Mensagens

Desabafo de um professor (FALTAS)- 先生のつぶやき36

21.12.2012
Outro dia foi realizada a reunião dos pais.
No Japão, não se conversa somente sobre as notas das disciplinas.
Conversa-se sobre as atitudes em sala de aula, sobre a situação de entrega ou não das tarefas de casa e sobre as atitudes de cada um em casa.
Agora pergunto, como foi a reunião?
Na reunião, mesmo que o professor não fale nada, não se pode ficar tranquilo.
O responsável deve fazer várias perguntas.

Bem, ultimamente estou preocupado com alguns motivos do aluno faltar à escola.
Motivos como “vou ao hospital para tomar a vacina” ou “hoje meus pais estão de folga, e quero passar o dia com eles”.
Para os japoneses, é inacreditável faltar à escola por esses motivos.
Os japoneses também, às vezes, vão tomar vacinas.
Mas, em vez de folgar o dia todo, muitas vezes vão à escola mais tarde ou saem mais cedo para isso.
Ou, a maioria vão à tarde depois da aula ou aos sábados.
E, entre os japoneses também há pais que folgam durante a semana.
Mas, não fazem o aluno faltar à escola para folgarem no mesmo dia.
Sabem o por quê? Porque o aluno ficará atrasado na matéria.
Podem pensar “ Ah, é apenas um dia”.
Mas, a cada dia, as aulas seguem cada vez mais em frente.
Quanto mais faltar a escola, mais atrasado vai ficando, ficando dificil de acompanhar depois.
Quando o motivo é por doença, então não há jeito.
Mas, se não for, gostaria que encontrassem uma maneira para não precisar faltar à escola.

Pois no final quem sofre é o aluno.

Estou transmitindo pensamentos diferentes de apenas alguns pais e alunos que diferem do pensamento dos japoneses.
[PR]
# by eia-toma | 2012-12-27 10:19 | Mensagem-Professor

Desabafo de um professor (SANSHA MENDAN 2012)- 先生のつぶやき35

13.12.2012
Outro dia, os alunos do 3º. ano do Chugakko tiveram a reunião dos 3 [SANSHA MENDAN]
Uma reunião entre o próprio aluno, o responsável e o professor.
Uma reunião para decidir qual caminho a seguir após a formatura.
Uma reunião para discutir em qual colégio prestará o vestibulinho.
É um evento muito importante.
É uma reunião diferente da reunião dos pais de sempre [HOGOSHA KAI].
Dura aproximadamente uma semana.
É realizada no começo de Dezembro.
Por isso, a conversa dessa reunião progride lentamente.
Dependendo, a conversa dura vários dias.
Gostaria que o próprio aluno e também o seu responsável, participassem reconhecendo a importância dessa reunião.

No entanto, às vezes há pais que:
*Não sabem e não estão pensando nada sobre o vestibulinho.
*Pessoas que cancelam a reunião porque tiveram que ir trabalhar de última hora.
*Pessoas que não vêm à escola (estava dormindo, o outro compromisso demorou para terminar, entre outro vários motivos).
Coitado dos alunos...

Escrito por um professor
[PR]
# by eia-toma | 2012-12-13 16:59 | Mensagem-Professor

Desabafo de um professor (ATIVIDADES AOS SAB, DOM e FERIADOS)- 先生のつぶやき34

03.12.2012
Nas escolas japonesas, às vezes os alunos vão à escola aos sábados, domingos e feriados.
Mas, não que haja aulas, na maioria das vezes são eventos ou atividades.

Nessas horas, todos pensam...
“Como não é aula, vou faltar a escola e sair com a família.”
Não é mesmo?

Mas, dentre os japoneses, são poucos que pensam desta forma.
Nas escolas japonesas, não se aprende somente nas aulas do currículo, há outras coisas que se aprende também.

É a partir dessas coisas, que as crianças começam a sonhar sobre o futuro e a aprender sobre as regras para se conviver em sociedade.

É um aprendizado para crescer como pessoa.
É um aprendizado para enriquecer sua vida no futuro.

Na maioria das vezes, é isso que se aprende aos sábados e domingos.

Os professores também se empenham mais do que em dias normais.

Por isso, quando há um comunicado “vou faltar” no dia, ficam muito tristes.

Nas escolas japonesas, não se ensinam somente as disciplinas do currículo escolar.

Educam, ensinam regras, ensinam como ser disciplinados.

Aprende-se coisas que serão úteis ao longo da vida.

Experimentam também, coisas para se preparar para o futuro.

Não é sempre que se tem chances como estas.

Por isso, acho um desperdício faltar à escola nesses dias.


Escrito por um professor
[PR]
# by eia-toma | 2012-12-12 10:09 | Mensagem-Professor

Desabafo de um professor (GAKUSHUKAI)- 先生のつぶやき33

07.11.2012
Eu imagino que há dias em que a família sai reunida.
Nessas horas, há uma coisa que gostaria que tomassem cuidado.
Se for um aluno do 3º. ano do chugakko, gostaria que tivessem mais cuidado ainda.
É “não sair às vésperas dos exames”.

Antes dos exames, há mais tarefas de casa do que de costume.
O aluno tem que estudar e estudar muito, muito mesmo.
Deve ser ganancioso a ponto de tirar mesmo que seja 1 ponto a mais.
Pois, às vezes pode ser reprovado no vestibulinho pela falta deste 1 ponto.

Nessas horas, quando é convidado pelos pais para sair, como será que a criança se sente?
Eu acho que, acaba saindo como os pais querem.
Mas por dentro, acho que ficam se sentindo muito inseguros.
“Queria estudar mais para os exames,
Mas, se os pais estão convidando devo obedecer.
Mas é um exame muito importante, e se as notas não forem boas, o que farei?
Se com isso eu não puder entrar no colégio que almejo, o que farei?”

Eu também acho que é muito importante sair com a família.
Mas, no Japão, às vezes os exames do aluno do Chugakko é mais importante do que isso.
Principalmente, para os alunos do 3º. ano em que todos os exames são muito importantes.
Na minha opinião, acho que deveria ser dado prioridade para os exames.
As crianças até que compreendem isso.
Mas, muitas vezes, os adultos (pais) é que não compreendem.

Dessa forma, há uma diferença de pensamentos entre os adultos(pais) e as crianças.
As crianças se preocupam com isso também.

Bem, nos dias 6 e 7 de novembro foi realizada um exame muito importante para os alunos do 3º. ano do Chugakko.
Isso, porque o resultado desse exame decidirá em qual colégio o aluno vai poder estudar.
Os resultados dos outros exames também serão considerados, mas o deste exame será o mais importante.
Na escola, além dos horários normais, foi aumentado o horário de estudo para estudar para este exame.
Nós chamamos este horário de GAKUSHUKAI.
Os alunos do 3º. ano do Chugakko, que estão ao seu redor estudaram bastante para esta prova?

Mas, este não é o último.
O dia do vestibulinho para o colégio será em janeiro a março do ano que vem.
O GAKUSHUKAI ainda continuará por mais um tempo.
Pois é necessário estudar para fazer o vestibulinho do colégio.
O GAKUSHUKAI será realizada também no inverno, apesar de ser somente na parte da manhã.
No Natal também.
Haverá muita tarefa pra casa também.
É necessário relaxar também, mas para os alunos, até serem aprovados no vestibulinho não há tempo para relaxar nem na escola e nem em casa.
Eu gostaria que os adultos(pais) soubessem mais dos detalhes do vestibulinho do Japão e colaborassem mais... pela criança.


Escrito por um professor
[PR]
# by eia-toma | 2012-12-08 15:41 | Mensagem-Professor

Concurso de Culinária 2012 - EIA料理コンテスト

d0227884_20444131.jpg
d0227884_20445711.jpg
d0227884_20451236.jpg

[PR]
# by eia-toma | 2012-12-01 20:45 | Eventos

Desabafo de um professor (TESTES)- 先生のつぶやき35

15.10.2012

Outro dia, teve o campeonato (jogos) da atividade extra-curricular (de quase todos os BUKATSUs)
Foi o maior campeonato depois que os alunos do 1º. e 2º. anos formaram um novo time.
Quem ganhou e quem perdeu, deram o máximo de si nesses jogos.
Por outro lado, os alunos do 3º. ano nem podem pensar em jogos.
Estão estudando muito para fazerem o vestibulinho do Ensino Médio (KÔKÔ NYUSHI).
Os estudos pós-aulas já começaram a muito tempo.
Para quem vai prestar o vestibulinho, é um horário especial para estudar.
Não posso dizer que isso já é o suficiente.
Pois depois, haverá outro teste.
No final de setembro já fizerem um teste, e agora só se passaram aproximadamente 2 semanas.
Nos dias 6 e 7 de Novembro haverá um teste muito importante.
Todos podem se surpreender por ter tantos testes, mas isso é normal.
E com o resultado desses testes, é decidido em qual Colégio o aluno vai prestar o vestibulinho.
Quero que todos estudem muito muito para que não tire notas baixas.
E família também, gostaria que colaborassem o máximo que puderem.
Pois é muito mais difícil entrar num colégio do Japão do que as famílias estão pensando.


Escrito por um professor
[PR]
# by eia-toma | 2012-10-16 16:29 | Mensagem-Professor

PROJETO KAERU 2012 - かえるプロジェクトセミナー

“Vamos pensar no futuro das crianças”

PAINEL CONSULTIVO 2012 em ECHIZEN sobre o PROJETO KAERU

PROGRAMAÇÃO

Data: 30 de Outubro (terça)
17:00~18:00 Consultas individuais (Reservas Antecipadas)
19:00~21:00 Palestra em português
(p/ pais, professores brasileiros da escola brasileira,
instrutores bilíngues, professores japoneses, etc)

Local : Echizen-shi Bunka Center, Shô Hall (End: Echizen-shi Takase 2-3-3)
   (Ao lado do Parque Central da Roda Gigante, perto da Creche Nakayoshi)
Contatos : EIA-Associação Internacional de Echizen
Tel : 0778-24-3389 Fax: 0778-24-5951 Email: info@e-i-a.jp
Inscrições até o dia 25 de Out. (qui) por Telefone, Fax ou E-mail.

REALIZAÇÃO: Mitsui Bussan Kabushikigaisha
CO-REALIZAÇÃO: EIA-Associação Internacional de Echizen
APOIO: Conselho da Educação Escolar de Echizen(Em processo)
COLABORAÇÃO: ABIC- NPO Centro de Contribuição Social Internacional


Sobre o Projeto Kaeru

Crianças que nasceram no Brasil e foram criadas no Japão; crianças que nasceram no Japão e retornaram ao Brasil, todas elas estão sofrendo com as mudanças ambientais, com a adaptação ao idioma e aos hábitos de vida diferentes. Essas crianças encontram-se em condições opostas, mas enfrentam o mesmo tipo de problema e necessitam do carinho e apoio dos pais para melhor se adaptarem ao novo ambiente.

Com base nas experiências da Drª. Kyoko Nakagawa, que desde 1996 oferece apoio psicológico para às criancas que retornaram ao Brasil através do Projeto Kaeru, vamos debater sobre as dificuldades encontradas pelos pais quando pensam sobre a questão educacional de seus filhos, propiciando assim, melhores perspectivas para o futuro deles.

O Projeto Kaeru
Está sendo realizado por uma equipe de profissionais das áreas de psicologia e psicopedagogia, com auxilio também de professores de língua portuguesa e de outras matérias do currículo escolar e profissionais de outras àreas específicas.
Esta equipe concentra suas atividades em diversas unidades escolares nas quais realiza atendimentos às crianças, individualmente ou em grupos, faz visitas domiciliares, atende com orientações a familiares e escolas no Município de São Paulo, oferecendo:

(1)apoio psicológico (ludoterapia, psicoterapia com uso de contos, artes, aconselhamento, etc)

(2)apoio educacional (alfabetização e reforço)

(3)apoio ao meio (orientação para os pais, professores, escola, encaminhamentos)

O Projeto Kaeru tem como principal objetivo, propiciar o desenvolvimento pleno destas crianças, oferecendo apoio psicológico, social e pedagógico visando uma inserção escolar e social.
Sendo desenvolvido na rede estadual e municipal de ensino fundamental do Estado de São Paulo, o Projeto Kaeru é um projeto do ISEC- Instituto de Solidariedade Educacional e Cultural, e conta com a cooperação da Secretaria Municipal de Educação do Município de São Paulo, bem como, com o apoio da Fundação Mitsui Bussan do Brasil.        

Desta vez, gostaríamos de oferecer orientações aos pais, professores de escolas brasileiras e instrutores bilíngues locais. As pessoas interessadas em passar por consultas individuais, com duração de no máximo uma hora, devem preencher a inscrição, em anexo.
[PR]
# by eia-toma | 2012-10-07 10:10 | Eventos

Concurso de Culinária 2012 - EIA料理コンテスト

Não gostaria de se candidatar para o Concurso de Culinária da Associação Internacional?

Não fala japonês? Não se preocupe!

Pessoas que gostam de cozinhar pratos gostosos são bem-vindas!

Quando? 23 de Dezembro(Domingo-Feriado) Das 12:00 às 15:30

Onde? Shimin Hall (Prédio atrás da Prefeitura Municipal de Echizen)



Concurso de pratos salgados, a partir das 12:00hs.

Concurso de pratos doces, a partir das 14:00hs.



*Primeiros 10 candidatos.
*De 80 a 100 pessoas irão degustar os pratos.
*É possível participar dos dois concursos.
*A Associação Internacional de Echizen(EIA) irá arcar com todas as despesas dos ingredientes.(Há limite!)
*Haverá prêmios, inclusive de participação.



Interessados, entrem em contato com a EIA.
Telefone para contato: 0778-24-3389 (Em Japonês ou Inglês)
Email: info@e-i-a.jp (Português OK)
[PR]
# by eia-toma | 2012-09-30 09:22 | Eventos


Cidade de Echizen, Provincia Fukui, Jp


by eia-toma

プロフィールを見る
画像一覧

S M T W T F S
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30

カテゴリ

全体
Avisos
Subsidios
Eventos
Aconteceu!
Aprender
Procura-se
Prevencao
Mensagem-Professor
Uteis
Vacinas
Mensagens
未分類

以前の記事

2013年 02月
2012年 12月
2012年 10月
2012年 09月
2012年 08月
2012年 07月
2012年 06月
2012年 05月
2012年 04月
2012年 03月
2012年 02月
2012年 01月
2011年 12月
2011年 11月
2011年 10月
2011年 09月
2011年 08月
2011年 07月
2011年 06月
2011年 05月
2011年 04月
2011年 03月

お気に入りブログ

メモ帳

最新のトラックバック

ライフログ

検索

外部リンク

人気ジャンル

ブログパーツ

最新の記事

Boletim inform..
at 2013-02-24 09:45
Feliz Ano Novo..
at 2012-12-30 11:56
Desabafo de um..
at 2012-12-27 10:19
Desabafo de um..
at 2012-12-13 16:59
Desabafo de um..
at 2012-12-12 10:09

ファン

記事ランキング

ブログジャンル

ボランティア
イベント・祭り

画像一覧